Como calcular o Pró-labore



Muitas pessoas não sabem ou não entendem o que o Pró-labore, chega a hora de fazer os cálculos e as pessoas tem muitas dúvidas. Este artigo vai especificar todos os detalhes para se calcular. O pró-labore é uma remuneração mensal que a empresa tem que pagar como retribuição do trabalho. Porém, muitas pessoas não sabem como calcular o pró-labore, por isso fizemos esse artigo com todos os detalhes para que sirva de informações para os empresários.


Pró-labore é a retribuição monetária recebida pelo sócio e pelo empresário do montante de faturamento. Ou seja, o pró-labore é a remuneração devida mensal aos empresários para retribuição do seu trabalho. O Calculo do pró-labore é feito através da conta que o valor fixo e vária com o valor da variação do faturamento. Existe técnicas utilizadas para o calculo do pró-labore e temos que saber o que fazer corretamente. O pró-labore em gestão deve ser clara, para que a gestão financeira faça com bastante clareza. Isto é muito importante para que não ocorra desfalque em valores de retiradas, temos que respeitar os principais e capacidade da empresa e gerar recursos. A dica para os empresários é não fazer muitas retiradas na empresa. Essa ação faz com que a empresa não tenha capacidade de poupar, isso é o necessário.  A empresa que poupa e gera revestimentos.


Capital de Giro - Tirar um constante número de retiradas tem que suprir as necessidades de operações da empresa. Organizar todas as contas em que o capital de giro seja satisfatório para suprir a empresa em gastos e contas. É necessário que o capital de giro seja bem feito, pois quando precisamos de urgência não corremos o risco de estarmos sem poder fazer retiradas.
Separar as Contas - A empresa tem que ter uma gestão financeira que seja eficiência. As pequenas empresas também tem que fazer esse procedimento. Separar as contas em uma pinalha para que fazer um planejamento financeiro. Contas como aluguel, prestações e gastos diários devem fazer parte de outra planilha. A planilha é uma oportunidade para ter maior controle. A gestão financeira é um trabalho como qualquer outro. Para contabilizar o pró-labore  temos que fazer o calculo da remuneração e dividir os dirigentes que administram.
Exemplo de calculo
D – Pró-Labore (Resultado)
C – Pró-Labore a Pagar (Passivo Circulante)
Quando há retenção do IR-Fonte, o pró-labore é contabilizado assim:
D – Pró-Labore a Pagar (Passivo Circulante)
C – IRF a Pagar (Passivo Circulante)