Inadimplência IPVA em AL







O IPVA ( Imposto Sobre de Veículos Automotores), este Imposto estadual, no Distrito Federal. Este imposto é gerador dos proprietários de automóveis, motocicletas, embarcações e aeronaves. Muitas pessoas deixam para pagar esse imposto ao final de ano, assim podem pagar com as economias e pagamentos extras para fazer o pagamento. Com o numero crescente de carros, podemos avaliar uma demanda maior desse imposto e com isso o crescente número de inadimplentes também. A função do IPVA é simples, preceitos fiscais. Em Alagoas, um estado com muitos motoristas à arrecadação está sendo, de forma problemática. Apresentando 12,43% como crescimento no Estado do Alagoas. Esses dados também inferem em outro percentual cresce para o Estado o de inadimplentes em Alagoas.

A Inadimplência se dá por conta do aumento de veículos automotores que também aumentou 12% no estado. Em dados informados pela Sefaz/AL, podemos conferir que p Estado de Alagoas teve um percentual crescente desde 200. Os números contam com um aumento de 17,68%. O ano de 2011 o registro subiu ainda mais para 15,06%, e em 2012, 12,43%. O não pagamento de imposto podem causar muitos transtornos para os proprietários de veículo.  Muitos desses proprietários estão com débitos e situação irregular. Com isso muitas pessoas ficaram impedidas de regularizar e receber licenciamento.


Para os novos proprietários de veículos podemos estar ciente de que a tabela anual estará com todos os prazos e pagamentos para todos os proprietários de veículos.  Para a cota única está compreendido para fevereiro até novembro de 2013. Paras as pessoas que estão com os débitos atrasados. A Secretária da Fazenda de Alagoas, reforçam para os proprietários que sabem para a regularização e emitir um novo boleto com os valores devidamente corrigidos. Quando o proprietário atrasa o contribuinte é convocado em uma publicação do Diário Oficial para que faça a regularização em trinta dias - A Secretaria da Fazenda dá um prazo de trinta dias para a quitação do débito de IPVA e ainda oferece opção de parcelamento em seis vezes, com parcela mínima de R$ 50” diz Eugênio Barros.