Investir na Educação dos filhos








Todo o mundo que tem filhos tem um pensamento, principalmente quando eles estão crescendo. Alguns pais tem um esquema de planejamento para que os estudos não faltam. Muitas pessoas, assim que têm filhos,  já fazem uma aplicação, através de uma poupança para que o dinheiro seja investido nos filhos. O grande impasse é os pais não saberem qual faculdade as crianças escolherão. O que vale e todos os especialistas comentam é sempre, pensar que quanto antes melhor. Um pai que poupa, abre uma poupança para uma universidade para o filho, terá mais segurança conforme o tempo chegue.

Isso é essencial para que não tenha preocupações no futuro. Fazer um investimento desse em longo prazo pode facilitar muito a vida acadêmica dos filhos.  Temos que ficar atentos a todas as variações, principalmente na variação de juros que uma poupança terá se começarmos a guardar dinheiro desde o nascimento dos filhos. Outro fator é pensar em universidades caras, custo de moradia e alimentação. Todas essas coisas tem que ser contabilizadas, para que saibamos quanto devemos investir e quais as principais maneiras. Este projeto é bastante caro, o orçamento não pode ser comprometido por mudanças de planos. Uma família que poupa, deve se sentir a vontade para ter autocontrole quando tudo sair do controle. Vamos nos basear em uma universidade para o curso de medicina ou direito  que são os mais procurados e um dos mais caros no Brasil.
Uma faculdade de direito conta com uma despesa de R$ 46.675, considerando a matrícula R$ 727,48. Se formos ver as aulas, pagaremos R$ 4.594,64 por aula através dos semestres. Esta é uma faculdade mediana, existe algumas faculdades que ultrapassam os R$ 350 mil, imagina-se que levando em conta de uma matricula de R$ 4.825 e mensalidades em torno de R$ 4.825. Este curso é programado para seis anos. Como podemos ver é um processo que tem que estar focados, senão não dará certo, temos quer manter a meta.