Novo Código Florestal







A natureza sempre foi pauta de muita discussão, entre eles ter um código que valida os direitos em que as pessoas podem ter acesso e desfrutar da natureza é o que os naturistas queriam sempre. Muitas pessoas não entendem o que pode ser favorável para o código florestal. É importante que cada pessoa faça sua parte e tente ser honesto com o que podemos fazer para melhorar nossa vida através de um conjunto de fatores que estão em discussão há muito tempo. A bancada que apoia a mudança desse código e que não se veem satisfeitos como direitos das florestas podem ficar felizes, pois o novo código está aí. A alteração no contexto influi em satisfazer e melhorar as formas de lei que tratam desse assunto.

A última quarta feira dia 25 de abril o texto sobre o Novo Código Florestal saiu e os deputados ratificaram as alterações.  O relator Paulo Piau do PMDB de Minas Gerais deu à proposta aprovação pelo senado.  Isso já era esperado, pois depois de muita falação chegaram ao consenso que algo deveria ser mudado, para o bem de todos.  Os parlamentares tiveram uma postura negativa para a maioria dos apontamentos apresentados pelo PT. Em um modo geral as exigências para os agricultores estavam buscando regularizar em busca de uma nova postura. O resultado forma uma derrota para o governo, pois o Código foi aprovado, e isso não era bem vista para os Petistas. O texto foi lido e tivemos 270 votos favoráveis contra 184 contra.  Sendo assim os deputados podiam escolher entre a proposta aprovada pelo Senado e a do relator. Mantiveram as 21 alterações que por pressuposto ainda são pequenas para a maioria das pessoas.




Arlindo Chinaglia do PT de São Paulo, disse que o texto aprovado não possui critérios para a regularização necessária para todos os agricultores disse isso com as palavras: “Estamos talvez produzindo uma peça que não vai parar em pé facilmente”. Mas, diferente dele, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves declarou, “Esse parlamento revela a sua independência, a sua sensibilidade e o seu compromisso com o País”. A discussão inda terá muito a ser acertada como podemos ver.