Projeto do Facebook para Tornar Internet mais Barata

No mundo atual é raro encontrar uma pessoa que não tenha acesso a internet. E dos 2,7 bilhões dos internautas que tem acesso a internet no mundo todo quase metade (42%) deles possuem uma conta no Facebook, rede social mais famosa e utilizada. Mark Zuckerberg, fundador da rede social junto com empresas como Sony, Nokia, Qualcomn e Samsung pretendem levar internet a pessoas que não tem acesso, isso com a proposta justamente de levar internet a todos.

Conhecendo o Projeto

O projeto na teoria e para quem lê é simples: criar soluções para que as 5,4 bilhões de pessoas do mundo tenham acesso aos conteúdos da internet. Das 76 milhões de pessoas que acessam a rede, 44 milhões acessam por meio de dispositivos móveis, o que entra na lista aparelhos celulares, tablets, e outros dispositivos móveis.

Atualmente apenas a Vivo não está no grupo que permite os usuários acessar a rede social mesmo que não tenham créditos. O primeiro passo para que o projeto saia é diminuir o custo dos aparelhos para que a população tenha acesso e com isso pode se esperar por um smartphone de baixo custo, que talvez tenha menos funções, mas trazendo o acesso a rede. O número de dados utilizados para acessá-la também está na lista dos passos para que seja reduzido.

As parcerias já começaram com todo vapor, assim facilitando que a população possa navegar pela internet com menos para se gastar.


O lucro que o Facebook tem é grande, mas para isso eles precisam das pessoas conectadas e quando se faz isso com a ajuda de outras empresas que também visam o lucro é simples de solucionar. O uso da tecnologia hoje em dia é muito alto, a todo lugar é possível analisar o uso da internet para qualquer que seja a internet, portanto, é um meio importante tanto para as pessoas que precisam se conectar quanto para as empresas que querem ganhar. Para quem somente acessa o Facebook será mais para frente uma opção sem ter que gastar muito e ao mesmo tempo traz mais adeptos para ela fazendo com que se torne cada vez mais líder isolada.