Como Fazer Negociação com o Banco

Os bancos trabalham para ajudar os seus clientes e quando há dívidas a serem pagar os juros são cobrados, mas a divida pode ser paga a qualquer momento assim que negociada. O que mais acontece nos bancos, principalmente com os novatos é o uso indevido do cartão de crédito, levando facilmente o nome a negativação nos órgãos SPC/Serasa.

Negociação do Cartão de Crédito

Para negociar um cartão há várias formas, possibilitando assim a qualquer momento pagar o débito. Em todos os cartões na parte de trás vem um telefone para que os clientes possam ligar e resolver pelo telefone, até mesmo a divida. Já para quem gosta de resolver tudo pela internet é possível pelo internet banking que permite a renegociação para pagar o cartão. Quando a divida é nova basta parcela a fatura ou pagar o mínimo possível e o seu nome não é negativado, mas quando a divida é antigo é por estes meios que deve negociar.

O banco se coloca a disposição para duvidas e negociações a qualquer momento, portanto, o devedor só não paga quando não tem interesse ou problema financeiro. O valor à vista é sempre possível conseguir um desconto, já no modo parcelado muitas vezes é ao contrário, aumentando o valor.

Tanto os cartões de crédito de conta universitária (que não precisa comprovar renda) quanto as contas normais são negociadas da mesma maneira, pois tudo no final se transforma em números e é isso que importa para o banco. A partir do momento em que o cliente desbloqueia o cartão está ciente de todos os juros caso venha, por exemplo, a não pagar a fatura. Na negociação os juros são bem mais altos e explicados para o cliente, o deixando ciente de todas as consequências do não pagamento. O pior dos problemas é ficar com o nome negativa, impedindo de comprar em lojas, que precisam de crediários.

Portanto, não deixe atrás o pagamento, tenha controle das contas para não ter dor de cabeça posteriormente com as ligações que são feitas diárias para você e os juros cobrados.