Principais erros na hora de investir




Uma pessoa que quer investir tem que reparar em vários ângulos, atentar de quais as melhores propostas e quais as melhores formas. O investido comum sempre procura um negocio mais ameno, de fácil negociação, porém seja o investidor novo ou mais velho no ato, o planejamento é o primeiro passo. Tanto o investidor mais velho e também o mais novato, tem que prestar bastante atenção, pois existem grande erros que não devem ser cometidos. Este artigo vai revelar os erros mais comuns e quais as situações mais tensas devem ser  pensadas com mais atenção.

 O ideal é fazer investimentos onde está sabendo onde pisa, ter total discrição e ainda não dever. O planejamento é mais uma pesquisa, ter a consciência de onde estão pisando, ter a consciência dos perigos as nocividades que os negócios podem nos dar. A pesquisa é algo que nos dá mais segurança, pois conhecer onde estamos aplicando dinheiro é muito importante. O mundo dos investidores é um mundo racional, eficiente e tem que buscar a maximizar lucros e – muito importante – diminuir riscos. A realidade é imposta a todos que querem impor uma conduta seria no investimento. É importante saber quais os erros mais comuns, assim podemos focar em outra coisa, ter um olhar voltado a outros detalhes e tentar ter uma rotina mais gestora.

Os erros são complexos, não por si só, mas pelas consequências que causam. Uma simples consequência, ou uma consequência mais avassaladora, requer cuidados. A maioria dos investidores tem certo medo de perder o foco, ultrapassar as medidas e não seguir o plano. Quando eles se diversificam e dividir os investimentos  em ações nacionais e internacionais e também em renda variada e fixa. Isto é uma maneira de fazer investimentos em fundos diversos, porém um portfólio muito variado pode não corresponder e sem bem tolerável. Outro erro é negociar com frequência, é um dos erros mais graves, quando tem lucros em uma negociação eleva a posição do investidor, mas a perda de lucros iniciais é inevitável.