Como se Portar no Primeiro Encontro

O primeiro encontro é sempre o mais importante para quem quer conquistar uma pessoa. Os homens levam mais jeito na hora da conquista, já as mulheres se vestem justamente para isso, para sedução, para que o homem possa conquista-la sem grandes empecilhos. Entretanto, é importante que siga algumas dicas para não ter o que falarem da sua maneira.

Dicas para o Primeiro Encontro


  • Para você que está procurando um relacionamento sério não deve querer nada a mais que a pessoa não queira como o sexo. Muitas pessoas querem partir logo para o sexo no primeiro encontro, mas não deve ocorrer assim para que não mostre ser uma pessoa que não se preocupa com sentimento.
  • Um cavalheiro sempre leva a dama para locais como restaurantes, parques e outros locais, mas isso varia muito da condição de uma pessoa. Mulheres sempre gostam de locais com mais privacidade para a conversa, mas não para apenas os dois, sendo assim um restaurante o ideal.
  • Mulheres e homens que se sentem incomodados em sair apenas com o pretendente no primeiro encontro não pega mal levar outro casal, nem que sejam somente amigos, assim terão mais conversa e será mais harmonioso.
  • Estabeleça uma meta para o sexo. Algumas pessoas possuem mais liberdade para falarem de sexo logo no primeiro encontro. E colocar metas como dez encontros para depois rolar sexo. Mas obviamente que, não se sentindo a vontade opte por não falar sobre o assunto.
  • Beijos acontecem normalmente no primeiro encontro se rolar a química entre o casal. E quando saem para conversar é porque já esperam por isso e não é nada constrangedor.
  • Mantenha contato e visual para os próximos encontros. Não é legal se arrumar apenas para o primeiro se é algo que você não costuma fazer. Portanto, opte por ir como você sempre é, pois desta forma não haverá surpresas desagradáveis em questão do visual.
  • Mostre que tem mais coisas para contar, assim despertando interesse para os próximos encontros. E é importante que sempre fique calmo e procure não se preocupar com algo que acontece natural, como o beijo.