Dicas para Renegociar as suas Dividas

As dividas no banco ou financeira é muito perigoso para quem não tem renda fixa. Não se deve fazer contas quando não tem dinheiro para pagar posteriormente, afinal os juros tanto no banco quanto financiadora são altíssimos. Para renegociar uma divida é preciso inúmeros telefonemas, ir pessoalmente ao estabelecimento e perder tempo fazendo isso.

Veja abaixo dicas para renegociar as suas dividas:


  • Quando uma pessoa não paga a conta que deve eles começam a ligar e começa a cobrar os juros. Para muitas pessoas elas esperam que o banco ligue para fazer uma proposta de pagamento à vista ou parcelado para que possa ter condições melhores para pagamento.
  • Estando disposto a pagar a divida elabora antes uma proposta, afinal o banco quando quer receber aceita propostas e fazer uma contra proposta. No caso de parcelamento tente fazer algo sem juros para não pegar em seu orçamento. O pagamento à vista é melhor quando pode porque sai tudo muito mais acessível. Analise a proposta antes de fechar para ver se pode pagar e os juros.
  • Tenha um controle de quanto deve e para quem deve, assim ficará muito mais fácil de organizar as suas contas e fazer que elas fiquem mais fácil para pagar. Tente renegociar tudo no mesmo momento e não deixe de pagá-las nos próximos meses.
  • Faça tudo conforme o seu orçamento, nunca faça uma promessa de pagamento que seja mais cara do que você ganha. Parcele em mais vezes, aumente o tempo de pagamento, mas não se enrole com o acordo, afinal os juros já estarão contando.
  • Procure fazer um acordo com o credor pessoalmente, não fique telefonando, afinal pode mostrar que não é totalmente confiável fazer isso, aliás todo bom acordo que se faz precisa assinar um contrato para cobrança de multas e correção no caso de não ser pago.
  • Peça pela redução de juros. Muitas vezes as grandes empresas reduzem os juros mostrando se possível uma taxa menor para o devedor. Portanto, insista em pagar menos pelas tarifas de juros, assim facilita o seu pagamento e não é abusado nos juros por conta disso.