Como Fazer um Bom Acordo Financeiro na Empresa

Os acordos financeiros são feitos em milhares de estabelecimentos, isso porque os brasileiros tem o mais alto índice de dívidas do mundo. Um acordo é quando há duas partes no contrato e é fechado um negócio entre estas partes. As lojas em gerais quando os seus clientes ficam mais de um ano sem pagar contratam uma securitizadora para fazer o trabalho, uma vez que estes contratos podem ser clientes perdidos.
Mas não são somente lojas que faz estes acordos, mas também bancos, financeiras, e todos os outros estabelecimentos que trabalham com dinheiro para com seus clientes.

Acordo Financeiro dentro de uma Empresa

E o mais importante de todos os acordos é quando é feito dentro de uma empresa, geralmente isso acontece quando o funcionário pede demissão, mas precisa de seu FGTS, assim é feito este negócio para que ninguém saia prejudicado. Há empresas que não admitem, ou seja, pediu demissão não recebe nada além do que tem direito. Eles são feitos na grande maioria da seguinte forma: o funcionário arca com a multa do FGTS que é obrigatório o patrão colocar quando a empresa demite e assim consegue sacar o fundo de garantia e também ter direito ao seguro desemprego. Isso nada mais é que um acordo para o patrão mandar o seu funcionário embora sem de fato ter feito isso.

Para os empregados que possuem um cargo grande dentro da empresa e conseguem uma pessoa qualificada para ficar em seu lugar o patrão acaba concedendo este “benefício” para o mesmo. Assim acontece quando o funcionário não sai porque quer e sim porque precisa como faculdade, problemas de saúde na família, entre outros.


Tudo é questão de dialogo. Através da conversa é possível chegar a um bom acordo financeiro com o seu patrão para que ninguém saia lesado. Quando a empresa manda embora todos os benefícios são dados e não tem nem o que ser dito, é lei. Analise e planeje a sua saída da empresa antes de pedir a demissão para que tenha tudo o que precisa e não fique lesado por isso.